21 maio 2007

Maratona BTT de Idanha a Nova






E lá foram os Mulas para um passeio no extremo Este no nosso quintalinho à beira mar plantado. Desta vez em Idanha-a-Nova e debaixo de um calor extremo. Lá diz o ditado que naquela zona há 6 meses de Inverno e 3 de Inferno. Pois o tempo, infelizmente, honrou o ditado!

Alinhamos com cinco Mulas (El Pinto, Shifter, QuickFreddie, Samuka e Teresinha na sua nova máquina).

O atraso da partida é um ponto negativo para a organização. Não há desculpa para o atraso dos participantes. Todos sabemos a que hora é que estas coisas começam... quem está, está. Quem não está, para a próxima que se levante mais cedo um bocadinho. Mas nem o atraso inibiu as ‘inteligências’ que passam à frente de todos que fazem fila para o arranque para se colocarem na linha da dianteira... para quê se na primeira subida são os primeiros a empancar? Uma má atitude a rever por parte de alguns BTTistas.

Mas, mais número menos número, lá fomos nós por um caminho bem marcado mas traiçoeiro. Muitos caminhos com vegetação baixa escondiam pedras e muitas saídas de curva transformavam-se em areais que nos obrigavam a manter os sentidos sempre alerta. As subidas eram curtas e não permitiam ‘aprender’ a cadência ideal. Tudo isto sempre numa nota muito positiva. O terreno escolhido teve o que, a meu ver, falhou no Portalegre; zonas técnicas. Aquela trialeira imediatamente antes de passar o rio para o lado de Zarza-a-Mayor em que se descia degraus de rocha e se manobravam curvas de 180º foi uma delícia! Segundo os ‘Mulas 100’, a cereja no topo do bolo foi mesmo a subida final à chegada a Idanha a Nova. Depois do calor todo que já tinham sentido, fazer aqueles metros finais foi mesmo o ‘terceiro enterro de um homem’

Infelizmente, para a organização e para quem sofreu o calor, os postos de abastecimento acabaram por ser insuficientes tal era o calor que se sentia. O registo do meu computador chega a marcar 39ºC. E a juntar a isto não corria uma única brisa.

Tendo isto em consideração, mudei a minha estratégia e resolvi ficar-me por Zarza em vez de continuar para o percurso de 100km como inicialmente planeado. Em minha defesa falou alguém que argumentou “tecnicamente não ser uma desistência, mas sim uma opção de percurso!”... sim, sim! agrada-me essa linha de raciocínio!! :D:D:D

Nota muito negativa para a malta que insiste em ultrapassar nos sítios mais bestas do percurso. Porra pessoal!! Aquela brincadeira são 100km, 5 a 6 horas para os mais rápidos. Haverá mesmo necessidade de passar alguém ao descer degraus de pedra de 40cm quando antes e depois há estradões com 10 metros de largo?!?!? Têm medo que acabe o tempo é??

E agora um bocadinho para aquele Homem cheio de coragem (e força) que fez, debaixo de um calor abrasador, 100km numa bicicleta single speed, sem pedais de encaixe e sem suspensão de espécie alguma... irmos na nossa CarbonNãoSeiDasQuantas-XTRMegaFixe-SuspensãoTotalUltraLight-BikeDeMilharesDeEuros e sermos ultrapassados por este homem numa subida em que nem as pernas nem a bicicleta queriam andar deixam-nos assim com uma sensação de... de... bom, de frustração geriátrica, acho!




Parabéns ao Alexandre Gomes e sigam o meu conselho! Façam o que fizerem, NÃO LHE DEÊM UMA BICICLETA COM MUDANÇAS! ...é que aí nem vale mesmo a pena participar em mais nada! :D:D:D:D

Ser ultrapassado numa subida daquelas, da forma que foi, coloca muita coisa em perspectiva. Disse-o uma vez e volto a dizer... “respect, bro!!


Resumindo:
detestamos: a falha de organização logística do transporte de Zarza para Idanha, do calor (que não houve muito a fazer...) e do atraso de 30minutos da partida

adoramos: o percurso, os abastecimentos e o convívio...

24 horas’, aqui vamos nós!

todas as fotos em www.imagemradical.com
e www.abtfoto.com

opiniões no forumBTT aqui

12 comments:

Mike disse...

Mulas sempre a bombar!!!
As fotos estão fantasticas... Aquela do Rodes com agua... Se ele fosse uma gaja, parecia uma foto da Playboy... ehehehehe

Samuka disse...

Excelente post, só faltou ai um pormenor, o pessoal mais atrasado viu-se um bocado aflito com a falta de água, de resto e tirando o calor que pôs a Teresa quase KO por 2 vezes o percurso era fantástico, e o banhinho no rio antes de Zarza é que foi uma maravilha...lol

Só mais uma coisinha, EU QUERIA MAIS FOTOS (minhas)...lol

quickfreddie disse...

pronto... pega lá mais uma... quando saírem mais do www.abtfoto.com eu procuro as tuas...

o menino pede, o menino tem!!

:D:D:D

El Pinto disse...

Bem quickfreddie... tenho de dizer que me deixaste sem palavras sem nada para dizer!!! Excelente Posta mais uma vez! Quanto a pessoa que disse “tecnicamente não ser uma desistência, mas sim uma opção de percurso!” tenho de ter uma conversinha com ela :-) ... Em relação da Single Speed tive vontade de dar um tiro na cabeça sempre que ele passava por mim fresco e airoso...

BruMau disse...

Antes de mais, excelente post Quick, muito bem estruturado.

Já tive a oportunidade de falar convosco mas nunca é demais dar-vos os parabéns por mais esta "aventura".

As fotos mostram que realmente a zona é lindíssima e pelo que vejo, parece realmente ter um piso "triturador" de colunas.

Eu diria normalmente que foi uma maratona para suspensões totais mas depois do relato do "bravo" do single speed... já nem teço mais cometários.

Venha a próxima :)

Anónimo disse...

Companheiro do pedal, também eu participei no IAN 2007, e com muuuito suor e lágrimas, lá acabei os 112 Kms.
Gostava de te colocar uma questão:
Visto que participaste em ambos os eventos PTG 2007 e IAN 2007, será que se pode fazer uma comparação, diz-me da tua opinião, pois já à muito que oiço falar de Portalegre e nunca participei, e gostaria de ter um termo de comparação para futuras aventuras.

obrigado desde já, um abraço
fernandofelix@netvisao.pt

Anónimo disse...

Tenho acompanhado o vosso Blog (está adicionado aos favoritos)e dou conta que este mês já fizerma bastantes saídas e têm umas centenas de kms nas pernas. Será que ainda há tempo para o passeio da Beselga?
Gostava muito!
Um abraço

Eugénio Proença

BruMau disse...

Ao passeio não vou, não dá para tudo :( mas à Maratona... nem que caia pregos!!! Beselga é o "berço" das Maratonas para os Mulas.

Além do mais, tenho adorado o traçado delineado pelos amigos "Beselguenses" para as maratonas realizadas.

Abraço e obrigado pelo post :)

Samuka disse...

Faço minhas as palavras do Brumau

El Pinto disse...

Olá Eugénio... Infelizmente tenho de concordar com o pessoal e não dá mesmo para tudo e como tal temos de fazer escolhas e para ir até Beselga fazer cerca de 320 km para andar apenas 50km optamos por Portalegre e Idanha e as 24h de Proença a Nova, mas como diz o Brumau para a Maratona lá estaremos nós. Abraço

Anónimo disse...

Compreendo muito bem a vossa situação.
Cá vos espero na Maratona, ate lá boas pedaladas.
Umm abraço
Eugénio Proença

Shifter disse...

Mister...

Grande "Reportagem"...
\o/

Já agora existe pelo YouTube uma "pequenita" reportagem da (diz-se) da RTP...

http://www.youtube.com/watch?v=kAnQ9KaWAhY

Volta bom tempo, que estas perdoado

:-D

MulaRaiders | Template by: À pois é!
Website: MulaRaiders Power